161

Terceirização de escolas públicas: novidade no Brasil, comum lá fora

Terceirização de escolas públicas: novidade no Brasil, comum lá fora

Nos últimos anos, a terceirização – ou gestão compartilhada – de hospitais públicos se tornou comum no país. No estado de São Paulo, por exemplo, o modelo funciona há quase duas décadas. Mas, na educação, a hipótese de parcerias com entidades sem fins lucrativos nunca ganhou força. Até agora.

Na última sexta-feira, a prefeitura de Curitiba enviou à Câmara de Vereadores uma proposta que, se aprovada, permitirá que Organizações Sociais assumam a gestão de escolas públicas.

Além de uma lei federal de 1998 que abriu essa possibilidade, a prefeitura cita uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que, em 2015, declarou legal as parcerias com Organizações Sociais sem fins lucrativos na gestão de serviços públicos.

A prefeitura enviou o projeto em regime de urgência, e quer que a proposta (que também inclui as unidades de saúde) seja votada nos próximos dias. Alguns vereadores, entretanto, criticam a pressa e pedem mais tempo para debate - a própria procuradoria da Câmara de Curitiba criticou o pedido de trâmite em regime de urgência feito pela base de apoio do prefeito Rafael Greca (PMN).

Segundo o secretário de Governo de Curitiba, Luiz Fernando Jamur, o projeto tramita em regime de urgência por causa da intenção da prefeitura de adotar o modelo já em 2018 para alguns Centros Municipais de Educação Infantil. “Para que isso seja possível, tem todo um tempo de preparação. Uma licitação dessa demora, em média, uns três meses”, afirma Jamur. 

Exemplo goiano 

Desde 2016, o estado de Goiás vem implementando um sistema que repassará a administração de escolas para Organizações Sociais. Será o primeiro estado do Brasil com um modelo do tipo.

O governo goiano espera uma diminuição das despesas nas 23 escolas que farão parte da primeira fase do projeto: hoje, o estado gasta por mês o equivalente a R$ 388,90 por aluno. Com a atuação das Organizações Sociais, a despesa deve cair para um valor entre R$250 e R$350, de acordo com a Secretaria de Educação.

A ideia é que pelo menos 30% dos professores dessas escolas sejam concursados. Os demais poderiam ser contratados pela própria organização responsável pela escola.

O edital do projeto-piloto de Goiás prevê metas: os estudantes deverão apresentar um desempenho melhor a cada ano e as Organizações Sociais precisarão garantir um maior número de alunos aprovados e, por consequência, uma queda no número de desistências de alunos durante o ano letivo. 

Críticas 

Em dezembro de 2015, as 23 escolas apontadas para iniciar o projeto-piloto em Goiás foram ocupadas por estudantes após o anúncio da reorganização do ensino no estado. Segundo os manifestantes, o motivo da atitude era a falta de diálogo do governo com a sociedade. Os alunos pediam que o governador Marconi Perillo (PSDB) recuasse da decisão. 

Passados dois anos, professores e alunos ainda reclamam da falta de clareza em pontos fundamentais do edital, como a contratação de professores e funcionários, fato que, acusam, abre brechas para a interferência pedagógica das Organizações Sociais nas escolas que estiverem abaixo dos resultados esperados pela Secretaria de Educação. 

Outros Países 

Realidade há mais de duas décadas nos Estados Unidos, o modelo das ‘charter schools’ vem mostrando resultados positivos. Pesquisa realizada em 2016 pela Universidade de Stanford constatou que alunos negros e de origem hispânica das escolas com gestão compartilhada mostram melhor desempenho em matemática e em leitura do que alunos com as mesmas características de escolas com gestão 100% pública. 

Em Nova Iorque, o rapper americano Sean Combs anunciou, no ano passado, uma parceria semelhante com a escola do bairro onde nasceu, o Harlem. Combs escolheu a empresa Capital Preparatory Schools para o projeto, que começou a ser testado em agosto de 2016, com alunos das sexta e sétima séries. 

Um sistema semelhante é adotado em partes da Austália, do Canadá e da Inglaterra.

O Chile também usa o modelo de educação com gestão compartilhada entre a iniciativa privada e o poder público desde a década de 1980. No caso chileno, o resultado é mais que satisfatório: o país hoje tem a melhor educação da América Latina.

Rivais baixam os preços: 10 promoções motivadas pelo ‘efeito Kwid’ Noticias

Rivais baixam os preços: 10 promoções m...

Ato contra terrorismo reúne 500 mil pessoas em Barcelona; veja fotos Noticias

Ato contra terrorismo reúne 500 mil pessoas em Barcel...

Moro manda prender réus condenados na Lava Jato em segunda instância Noticias

Moro manda prender réus condenados na Lava Jato em se...

Incentivar a curiosidade da criança pode ajudá-la a se tornar um adulto bem sucedido Noticias

Incentivar a curiosidade da criança pode ajudá...

Top 5: as lições para o Atlético derrubar o Flamengo na Ilha do Urubu Noticias

Top 5: as lições para o Atlético derrub...

“Quem não ajuda, não dê palpite”, dispara Bacellar ao defender venda de promessa Noticias

“Quem não ajuda, não dê palpite&rd...

Funcionários se arriscam com escadas no meio do trânsito no Batel; veja vídeo Noticias

Funcionários se arriscam com escadas no meio do tr&ac...

A privatização da Eletrobras Noticias

A privatização da Eletrobras...

Presidentes têm muito poder sobre as ogivas dos EUA. Especialmente Trump Noticias

Presidentes têm muito poder sobre as ogivas dos EUA. E...

Furacão Harvey chega ao Texas; enchentes e tornados são esperados  Noticias

Furacão Harvey chega ao Texas; enchentes e tornados s...

Família vai processar prefeitura de Curitiba por morte de paciente após vacina Noticias

Família vai processar prefeitura de Curitiba por mort...

As estatais são cabides de empregos? Censura à história ou repetição de uma farsa? Os destaques da noite Noticias

As estatais são cabides de empregos? Censura à...

Nossos amigos!
AniTube Filmes Online X Azamerica Filmes Online Grátis Vizer.tv Séries Online Grátis BTv Z Animes Online Baixar Músicas Grátis
Assistir TV Online Grátis

O Assistir TV Online HD ou simplesmente ATO é um dos mais clássicos e tradicionais sites de TV online do pais, desde 2009 com o projeto inicial vertvfree que posteriormente se transformou no ATOHD nós empenhamos cada vez mais para para trazer o melhor conteúdo do segmento televisivo nacional e internacional. As emissoras de TV têm mudado muito no quesito qualidade, seguindo esse aspecto nós estamos focando também na qualidade áudio visual de nossos canais, com novas transmissões de TVONLINE em IPTV (Internet Protocol Television) e também TVIP (Televisão por IP).

Nossos players estão cada vez mais está compatível com diversas plataformas e dispositivos móveis, como (smart TV, smartphones, tablets, aplicativos, mobile, iphone, ipad, android, etc), O ATO Se ajusta a qualquer tamanho de tela responsivamente, seguindo os padrões atuais. Não há requisitos mínimos para o uso do site, todavia quanto maior for a sua velocidade de conexão com a internet, melhor será a qualidade da sua tvonline, aqui listamos em diversas categorias como noticias, esportes, documentários, notícias, séries, filmes, entre outras variedades, sem limitações de uso, compartilhe com seus amigos e familia, aproveite!