170

As três empresas que a Amazon pode comprar para se expandir no Brasil

As três empresas que a Amazon pode comprar para se expandir no Brasil

Em relatório divulgado nesta quinta-feira (24), o BTG sequer citou a possibilidade de a Amazon se interessar pela compra da Saraiva no Brasil. Citou, por outro lado, algumas opções mais prováveis, e uma “óbvia” porta de entrada para a América Latina: o argentino Mercado Livre.

LEIA: Mercado Livre quer superar a B2W e se tornar o maior e-commerce do Brasil

SIGA @gpnovaeco no Twitter

O relatório foi lançado após o anúncio de que o marketplace da Amazon, plataforma através da qual vendedores independentes podem fechar negócios dentro de um ambiente com “selo” da gigante, terá lançamento adiado em terras brasileiras. Ele deveria chegar ao país neste ano, mas virá apenas em 2018.

Líder entre as plataformas de marketplace onde atua, o Mercado Livre disse em entrevista à Exame que não teme a ameaça da gigante. No México, mercado onde ambas as companhias atuam nessa frente, a latina está, com folga, à frente da norte-americana. “Os números mostram que nossa estratégia funciona”, disse o presidente da companhia, Marcos Galperin, à revista.

Segundo o banco, a maior parte das aquisições da gigante de Bezos desde a sua criação em 1996 “teve um ou mais dos seguintes elementos: uma equipe de gestão fantástica e/ou inovação que a companhia pode reter e replicar em outros países”.

Nos outros 17 mercados em que está presente, o Mercado Livre também demonstra solidez e foca em inovação, além de possuir plataformas que agregariam à Amazon para além do marketplace: Mercado Pago e Mercado Envio.

Por outro lado, a aquisição desse player tem um grande problema: o tamanho do investimento. Valendo US$ 11 bilhões, o MercadoLivre deveria receber uma proposta com algum prêmio, o que potencialmente desaguaria na aquisição mais cara da história da Amazon — a Whole Foods custou quase US$ 14 bilhões.

Alternativas brasileiras

Em sua análise, o BTG deixa claro que não assume em seu radar que a Amazon deve adquirir uma empresa brasileira. Ao mesmo tempo, não descarta essa opção e faz apostas: caso opte por uma aquisição brasileira, Magazine Luiza e B2W podem estar no radar da companhia, de acordo com o banco.

“A compra da Whole Foods mostrou que a Amazon não descarta comprar operações que trabalham com varejo físico, e não há dúvidas de que a equipe da Magazine Luiza tem feito um trabalho excelente nos últimos anos", escreveram os analistas do banco a respeito da Magazine.

Já no caso da B2W, a migração acelerada de seu modelo de negócios para uma estratégia de mercado muito mais centrada pode, na visão do BTG, ter um efeito significativamente positivo na rentabilidade e na geração de caixa.

Por que não a Saraiva?

No documento, de 29 páginas, a Livraria Saraiva sequer aparece na lista de opções analisadas. Para entender isso, basta voltar aos motivos que costumam fazer a Amazon considerar aquisições estratégicas. Não há, na Saraiva, a capacidade de replicar o negócio ou a grande capacidade inovadora necessárias.

Oliveira teme que eleições do Coritiba prejudiquem planejamento do futebol Noticias

Oliveira teme que eleições do Coritiba prejudi...

Três mentiras que vão te contar no debate sobre as privatizações Noticias

Três mentiras que vão te contar no debate sobre...

Paranaense derrota 120 mil concorrentes e conquista “emprego dos sonhos” Noticias

Paranaense derrota 120 mil concorrentes e conquista “e...

Em busca da final da Série D, Operário tenta fazer história para estado do Paraná Noticias

Em busca da final da Série D, Operário tenta f...

Megacorte do Bolsa Família “tirou” R$ 3 milhões dos municípios do Paraná Noticias

Megacorte do Bolsa Família “tirou” R$ 3 m...

Siga ao vivo Atlético e Flamengo! Noticias

Siga ao vivo Atlético e Flamengo!...

Refugiados: assimilar a cultura local é essencial Noticias

Refugiados: assimilar a cultura local é essenc...

MPF reabre investigação criminal sobre pedaladas fiscais do governo Dilma Noticias

MPF reabre investigação criminal sobre pedalad...

Suprema confusão: por que nem o STF sabe o que ele mesmo decide Noticias

Suprema confusão: por que nem o STF sabe o que ele me...

Ceratti é vendida para americana Hormel Foods por US$ 104 milhões Noticias

Ceratti é vendida para americana Hormel Foods por US$...

38% das creches e escolas em construção no Paraná estão paralisadas ou atrasadas Noticias

38% das creches e escolas em construção no Par...

Nova unidade de saúde vai atender público do Ceasa em Curitiba Noticias

Nova unidade de saúde vai atender público do C...

Nossos amigos!
AniTube Filmes Online X Azamerica Filmes Online Grátis Vizer.tv Séries Online Grátis BTv Z Animes Online Baixar Músicas Grátis
Assistir TV Online Grátis

O Assistir TV Online HD ou simplesmente ATO é um dos mais clássicos e tradicionais sites de TV online do pais, desde 2009 com o projeto inicial vertvfree que posteriormente se transformou no ATOHD nós empenhamos cada vez mais para para trazer o melhor conteúdo do segmento televisivo nacional e internacional. As emissoras de TV têm mudado muito no quesito qualidade, seguindo esse aspecto nós estamos focando também na qualidade áudio visual de nossos canais, com novas transmissões de TVONLINE em IPTV (Internet Protocol Television) e também TVIP (Televisão por IP).

Nossos players estão cada vez mais está compatível com diversas plataformas e dispositivos móveis, como (smart TV, smartphones, tablets, aplicativos, mobile, iphone, ipad, android, etc), O ATO Se ajusta a qualquer tamanho de tela responsivamente, seguindo os padrões atuais. Não há requisitos mínimos para o uso do site, todavia quanto maior for a sua velocidade de conexão com a internet, melhor será a qualidade da sua tvonline, aqui listamos em diversas categorias como noticias, esportes, documentários, notícias, séries, filmes, entre outras variedades, sem limitações de uso, compartilhe com seus amigos e familia, aproveite!