172

Gilmar Mendes entra em nova guerra com Marcelo Bretas, o ‘Sergio Moro do Rio’

Gilmar Mendes entra em nova guerra com  Marcelo Bretas, o ‘Sergio Moro do Rio’

Num novo capítulo de rusgas entre Gilmar Mendes e o juiz Marcelo Bretas, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) devolveu ao magistrado da Justiça Federal do Rio a atribuição para decidir sobre novo pedido de prisão contra Rogério Onofre, ex-presidente do Detro (Departamento de Transporte Rodoviários) que saiu nesta quinta-feira (24) da prisão.

O Ministério Público Federal fez um novo pedido de prisão contra ele na quarta-feira (23) porque encontrou indícios de que ele ameaçou de morte a família dos empresários Nuno Coelho e Guilherme Vialle. Os dois são apontados como responsáveis por lavar parte do dinheiro ilegal de Onofre, acusado de receber R$ 43 milhões de propina de empresários de ônibus.

O ex-presidente do Detro saiu da prisão nesta quinta beneficiado pela extensão do habeas corpus concedido por Gilmar ao empresário Jacob Barata Filho e ao ex-presidente da Fetranspor Lélis Teixeira.

Bretas, juiz federal famoso pela rigidez como o colega paranaense Sergio Moro, enviou o caso ao relator no STF “solicitando a Sua Excelência que esclareça a este magistrado quais os limites disponíveis para conhecimento dos fatos hoje trazidos à apreciação judicial em regime de urgência”.

“Embora gravíssimos os fatos expostos, que implicam em ameaça à vida de outros dois investigados e de suas famílias, corroborados pelo áudio apresentado, entendo, ante o posicionamento adotado pelo Ministro Relator Gilmar Mendes, que este juízo está impossibilitado de, neste momento, analisar a questão, apesar de ser altamente recomendável seja proferida decisão a este respeito”, escreveu Bretas.

Em decisão nesta quinta, Gilmar afirma que “apresenta-se inusitado o pedido de esclarecimento a esta corte”.

“A rigor, a concessão de ordem de habeas corpus diante de prisão ilegal, não representa qualquer sorte de restrição ao exercício da jurisdição ou à atuação policial senão aquelas inerentes ao próprio Estado de Direito. Não há o que esclarecer nesta via de habeas corpus. Remanesce, como de regra, a competência do juiz de origem para apreciação de pedido de prisão preventiva, com base em novos fatos e fundamentos jurídicos, diversos daqueles alcançados pela ordem de habeas corpus”, escreveu Gilmar.

A divergência entre os dois magistrados começou há uma semana, logo após os dois primeiros habeas corpus concedidos por Gilmar a acusados da Operação Ponto Final.

Horas após a decisão do ministro, Bretas utilizou processos já em andamento para expedir novos mandados e impedir a saída dos acusados. Essas decisões foram criticadas pelo ministro, que determinou mais uma vez a saída dos dois, e em seguida estendeu o benefício a outros sete réus.

“Isso é atípico. Em geral o rabo não abana o cachorro, é o cachorro que abana o rabo”, disse o ministro na sexta (18), ao comentar as decisões de Bretas.

Gilmar foi alvo de críticas em ato promovido nesta quinta em apoio ao juiz, com a participação de magistrados, procuradores e artistas.

Rato apavora pacientes que aguardavam atendimento médico em UPA de Curitiba Noticias

Rato apavora pacientes que aguardavam atendimento méd...

Curitibano cria aplicativo para facilitar doações de muletas e cadeiras de rodas Noticias

Curitibano cria aplicativo para facilitar doaçõ...

Donald Trump, o presidente das ‘bolas foras’ no twitter Noticias

Donald Trump, o presidente das ‘bolas foras’ no ...

Alexandre de Moraes rejeita ações no STF sobre pedidos de impeachment de Temer Noticias

Alexandre de Moraes rejeita ações no STF sobre...

Refugiados: assimilar a cultura local é essencial Noticias

Refugiados: assimilar a cultura local é essenc...

Alimento utilizado em ração animal é a nova pedida para controlar diabetes Noticias

Alimento utilizado em ração animal é a ...

Passageiro de estação-tubo não vai pagar passagem para ir ao Sacolão Noticias

Passageiro de estação-tubo não vai paga...

EUA anunciam sanções contra Venezuela e proíbem compra de bônus novos do país Noticias

EUA anunciam sanções contra Venezuela e pro&ia...

As empresas mais inovadoras no relacionamento com o cliente  Noticias

As empresas mais inovadoras no relacionamento com o cliente&...

“Cãodomínio” preparado por voluntários protege cães de rua no Pinheirinho Noticias

“Cãodomínio” preparado por volunt&...

Alemão retorna de lesão e estipula meta de gols no Paraná Noticias

Alemão retorna de lesão e estipula meta de gol...

Veja as 30 cidades que menos dependem do Bolsa Família no Brasil Noticias

Veja as 30 cidades que menos dependem do Bolsa Famíli...

Nossos amigos!
AniTube Filmes Online X Azamerica Filmes Online Grátis Vizer.tv Séries Online Grátis BTv Z Animes Online Baixar Músicas Grátis
Assistir TV Online Grátis

O Assistir TV Online HD ou simplesmente ATO é um dos mais clássicos e tradicionais sites de TV online do pais, desde 2009 com o projeto inicial vertvfree que posteriormente se transformou no ATOHD nós empenhamos cada vez mais para para trazer o melhor conteúdo do segmento televisivo nacional e internacional. As emissoras de TV têm mudado muito no quesito qualidade, seguindo esse aspecto nós estamos focando também na qualidade áudio visual de nossos canais, com novas transmissões de TVONLINE em IPTV (Internet Protocol Television) e também TVIP (Televisão por IP).

Nossos players estão cada vez mais está compatível com diversas plataformas e dispositivos móveis, como (smart TV, smartphones, tablets, aplicativos, mobile, iphone, ipad, android, etc), O ATO Se ajusta a qualquer tamanho de tela responsivamente, seguindo os padrões atuais. Não há requisitos mínimos para o uso do site, todavia quanto maior for a sua velocidade de conexão com a internet, melhor será a qualidade da sua tvonline, aqui listamos em diversas categorias como noticias, esportes, documentários, notícias, séries, filmes, entre outras variedades, sem limitações de uso, compartilhe com seus amigos e familia, aproveite!