anuncie
66

Morre, aos 92 anos, o escritor de ficção científica Brian Aldiss

Morre, aos 92 anos, o escritor de ficção científica Brian Aldiss

Brian Aldiss, escritor britânico de ficção científica, cujos contos inventivos de mudança climática, civilização alienígena e a solidão de robôs — incluindo uma história de revista de cinco páginas que formou a base do filme "A.I" de Steven Spielberg. — ajudou a elevar um gênero que muitos críticos haviam desprezado por muito tempo como literatura barata, morreu no dia 19 de agosto em sua casa em Oxford, Inglaterra, um dia depois de completar 92 anos. 

Uma filha, Wendy Aldiss, disse que ele sofreu um acidente vascular cerebral em 2016 e vivia com um marcapasso em seu coração — "o que ele amava, porque o tornava parte robô". 

Aldiss fazia parte da Nova Onda da ficção científica da década de 1960, quando escritores como Arthur C. Clarke ("2001: Uma Odisseia no Espaço") e J.G. Ballard ("The Wind From Nowhere") escreveram livros que incluíam temas politicamente carregados e técnicas literárias experimentais. 

Em parte, seu trabalho foi uma reação à violência e tumulto da Segunda Guerra Mundial, durante o qual Aldiss serviu em uma unidade de sinais do exército no Sudeste Asiático e disse que retornou a Inglaterra se sentindo um estranho. 

"Eu não gostava da sociedade britânica", ele disse ao Glasgow Sunday Herald em 2001. "Eu não poderia diferenciar um florim de meia coroa. Eu pensei que era tudo porcaria, a ordem social e tudo. Então, como um estranho, eu naturalmente fui atraído para literatura marginal, que era ficção científica ". 

Começando com a obra de viagem espacial de 1958 "Non-Stop", ele escreveu dezenas de romances de ficção científica e centenas de contos, incluindo a trilogia "Helliconia" dos anos 80, sobre um planeta onde as estações duram centenas de anos, lançando civilizações em ruínas durante eras do gelo que duram séculos. 

Aldiss foi aclamado como "o Grande Senhor da Ficção Científica Britânica" pelo jornal britânico Guardian, e ele recebeu outro título majestoso — Grande Mestre, uma honra honorária pelos feitos realizados na carreira — dos escritores de ficção e fantasia da América, em 2000. 

Foi um dos vários prémios de ficção científica que Aldiss recebeu em sua carreira, incluindo um Prêmio Nebula (dado por escritores), em 1965, para “The Saliva Tree" e um Prêmio Hugo (dado pelos fãs), em 1962, para "Hothouse, um romance que descreveu um futuro distópico no qual a metade da Terra é permanentemente iluminada pelo sol, maior e mais próximo que o nosso atual. 

Um possível fã, a rainha Elizabeth II, nomeou Aldiss oficial da Ordem do Império Britânico em 2005. 

Aldiss também era um crítico da ficção científica, além de praticante, e escreveu uma longa história do gênero — "Billion Year Spree" (1973), revisado com David Wingrove como "Trillion Year Spree" (1986) — que traçou as raízes desde Frankenstein de Mary Shelley aos filmes de Stanley Kubrick, que Aldiss descreveu como talvez o maior praticante de ficção científica da era moderna. 

Ferrari revela o seu novo modelo ‘popular’ Noticias

Ferrari revela o seu novo modelo ‘popular’...

Siga ao vivo Atlético e Flamengo! Noticias

Siga ao vivo Atlético e Flamengo!...

Família vai processar prefeitura de Curitiba por morte de paciente após vacina Noticias

Família vai processar prefeitura de Curitiba por mort...

Qualificação profissional impulsiona retomada do ensino superior Noticias

Qualificação profissional impulsiona retomada ...

Senado quer acabar com horário eleitoral e usar dinheiro para financiar campanhas Noticias

Senado quer acabar com horário eleitoral e usar dinhe...

PT tenta impedir viagens de Doria e tucano dá resposta à altura Noticias

PT tenta impedir viagens de Doria e tucano dá respost...

Paraná encara como ‘vitrine’ duelo com Flamengo pela Primeira Liga Noticias

Paraná encara como ‘vitrine’ duelo com Fl...

Empresa é condenada a pagar R$ 500 milhões por exposição ao amianto Noticias

Empresa é condenada a pagar R$ 500 milhões por...

‘Saldão do Temer’: veja a lista das privatizações do governo federal Noticias

‘Saldão do Temer’: veja a lista da...

Passageiro de estação-tubo não vai pagar passagem para ir ao Sacolão Noticias

Passageiro de estação-tubo não vai paga...

Após ‘revolução silenciosa’  no futebol, Atlético abre novo ciclo no Brasileirão Noticias

Após ‘revolução silenciosa’...

Presidente do PSDB, Tasso diz estar de ‘braços abertos’ para o MBL de Kim Kataguiri Noticias

Presidente do PSDB, Tasso diz estar de ‘braços ...

Nossos amigos!
AniTube Super Animes Filmes Online X Azamerica Filmes Online Grátis Vizer.tv Séries Online Grátis BTv Z Animes Online Baixar Músicas Grátis
Assistir TV Online Grátis

O Assistir TV Online HD ou simplesmente ATO é um dos mais clássicos e tradicionais sites de TV online do pais, desde 2009 com o projeto inicial vertvfree que posteriormente se transformou no ATOHD nós empenhamos cada vez mais para para trazer o melhor conteúdo do segmento televisivo nacional e internacional. As emissoras de TV têm mudado muito no quesito qualidade, seguindo esse aspecto nós estamos focando também na qualidade áudio visual de nossos canais, com novas transmissões de TVONLINE em IPTV (Internet Protocol Television) e também TVIP (Televisão por IP).

Nossos players estão cada vez mais está compatível com diversas plataformas e dispositivos móveis, como (smart TV, smartphones, tablets, aplicativos, mobile, iphone, ipad, android, etc), O ATO Se ajusta a qualquer tamanho de tela responsivamente, seguindo os padrões atuais. Não há requisitos mínimos para o uso do site, todavia quanto maior for a sua velocidade de conexão com a internet, melhor será a qualidade da sua tvonline, aqui listamos em diversas categorias como noticias, esportes, documentários, notícias, séries, filmes, entre outras variedades, sem limitações de uso, compartilhe com seus amigos e familia, aproveite!